NOSSO BLOG
13/12/2019 às 15h16
Energia Elétrica Explicada: Harmônicos

Em nosso segundo artigo da série “Energia Elétrica Explicada”, o foco serão os harmônicos. O objetivo desta série é compreender melhor o que está acontecendo com as aplicações elétricas atuais por meio de conceitos básicos sobre eletricidade.

As instalações elétricas precisam de uma alimentação confiável e estável, no entanto, em todos sistemas elétricos existem componentes harmônicos que geram efeitos indesejáveis ao funcionamento do sistema.

Harmônicos: entendendo o conceito

Energia Elétrica - Harmônicos  

Para combater o alto custo do desperdício de energia, primeiro devemos entender a diferença entre mudança de fase e harmônicos.

Cada um desses fenômenos perturbadores exige diferentes medidas contrárias. Com a análise de Fourier podemos separar a energia fundamental e harmônico. A energia fundamental pode ser dividida em uma parte ativa pa (t) e uma parte reativa pr (t). O que resta depois que a energia fundamental é dividida é a energia harmônica ph (t).

A parte ativa faz o trabalho real transfere a energia útil do gerador para a carga. Já a parte reativa apenas reflete a energia entre a carga e o gerador, carregando a rede, mas não contribuindo para a transferência de energia útil.

A parte harmônica pode ocasionalmente transferir alguma energia para algumas cargas, mas a rede não consegue lidar eficientemente com a transferência de potência harmônica, e para máquinas rotativas e transformadores ela é prejudicial.

A energia reativa pode ser compensada com capacitores e potência harmônica com filtros passivos ou ativos.

Gostou de saber mais sobre os harmônicos? Fique de olho para não perder o próximo artigo da série Energia Elétrica Explicada acesse aqui o material completo sobre os fundamentos da teoria de medição de potência!


Leia também: 

Energia Elétrica Explicada: Potência Aparente

Você sabe o que é voltage notching?


Siga nossa página no Facebook e Linkedin

Deixe seu comentário

 

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar essa postagem.

FAÇA SEU COMENTÁRIO

É necessário preencher o campo Nome
É necessário preencher o campo Email
É necessário preencher o campo Comentário