NOSSO BLOG
24/09/2019 às 19h23
O que é eficiência energética?

Todo engenheiro conhece os conceitos de eficiência energética e qualidade de energia. O que muitos profissionais desconhecem é que embora sejam temas relacionados, são distintos. Enquanto a eficiência energética procura tornar mais eficiente a utilização da energia - desempenhando atividades com a menor quantidade de energia possível -, a qualidade de energia ocupa-se com os parâmetros da energia elétrica que consumimos.

Mas o que de fato significa eficiência energética?

Uma sociedade desenvolve-se por meio da utilização de fontes de energia. Atualmente as nossas demandas por qualidade de vida são atendidas através do uso da eletricidade, do petróleo, do gás natural e outras formas de energia, utilizadas na agricultura, indústria, serviços e atividades domésticas. Esta energia tem um custo e precisa ser bem utilizada, o que significa que é fundamental procurar meios para que uma determinada quantidade de energia seja capaz de produzir a maior quantidade de trabalho possível. O melhor aproveitamento da energia com perdas reduzidas e desperdícios eliminados denomina-se eficiência energética.

Segundo relatório recente do Centro Brasileiro de Informação em Eficiência Energética, a utilização de equipamentos mais eficientes e instalações elétricas dimensionadas corretamente, podem gerar uma economia de cerca de 9% no consumo de energia elétrica.

E a qualidade de energia?

A qualidade de energia corresponde à ausência de desvios na intensidade, forma de onda ou frequência da tensão ou corrente elétrica, que possam acarretar falhas em sistemas elétricos, incluindo aí os seus componentes.

Dessa forma deve ficar claro que um equipamento pode ser fabricado para ser altamente eficiente, mas operar de forma precária devido a problemas de qualidade de energia, ou uma energia elétrica de alta qualidade pode ser desperdiçada na alimentação de equipamentos pouco eficientes.

Ficou mais claro a diferença entre eficiência energética e qualidade de energia? Caso queira mais informações sobre esse tema leia também: 

Como diagnosticar problemas de qualidade de energia elétrica?

Consultor de qualidade de energia: Interno ou Externo?

Energia suja: será que eu tenho e não estou sabendo? Parte I

Como evitar a energia suja? Parte II


COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar essa postagem.

FAÇA SEU COMENTÁRIO

É necessário preencher o campo Nome
É necessário preencher o campo Email
É necessário preencher o campo Comentário